Tênis, ginástica artística, surfe e as nossas emoções

Compartilhe com um amigo!

Share on telegram
Share on whatsapp
Tênis, ginástica artística, surfe e as nossas emoções

Você joga tênis? Faz ginástica artística? Ou Surfa?

Eu até me arrisco no beach tennis e no surfe. Mas a ginástica artística eu deixo pra assistir do sofá, na época das olimpíadas.

Mas existe algo em comum entre surfe, ginástica artística e tênis?

Existe sim! De um ano pra cá, três expoentes desses esportes vieram a público falar sobre problemas emocionais.

Primeiramente, foi a tenista Naomi Osaka. Ela acendeu a pira olímpica, você se lembra dela? Ela abandonou o torneio de Roland Garros no ano passado justamente por questões emocionais. Meses depois, Simone Biles não participou da final olímpica de ginástica artística dizendo “tenho que me concentrar na minha saúde mental”. E agora, em 2022, Gabriel Medina, surfista brasileiro, anunciou uma pausa na carreira para também cuidar de questões emocionais.

Como será pegar uma onda de 3 metros de altura com sintomas de pânico?

Ou correr atrás de uma bolinha num jogo de tênis estando triste e sem prazer na vida? Ou ainda se equilibrar numa barra numa competição de ginástica artística com sintomas ansiosos e com insônia?

Você notou que nos últimos anos a gente vem falando mais de saúde mental e rompendo alguns preconceitos que ainda envolvem esse assunto?

– Ah, Thiago, mais ou menos. Acho que ainda tem muito preconceito contra quem trata de crise de pânico, ansiedade e depressão! – Alguns diriam.

Pode ser. Mas o cenário vem mudando. A gente nota um aumento nas consultas de psiquiatria e psicologia não apenas aqui na MentalMe, mas em vários outros serviços. Aliás, já tem trabalho científico mostrando isso, sabia?!

Nessa pesquisa super recente aqui, de janeiro de 2022, os pesquisadores revelaram não apenas um aumento no número de consultas de psiquiatria, mas um alto índice de satisfação, de médicos e de pacientes, com os atendimentos online.

E você, como se sente ao falar de ansiedade, tristeza, insônia, pânico, irritabilidade?
É tranquilo ou você sente vergonha e prefere varrer essas questões pra debaixo do tapete?

Gabriel Medina, Simone Biles e Naomi Osaka preferiram ventilar o assunto.

E por isso, já merecem uma medalha.

Dr. Thiago Genaro

Dr. Thiago Genaro

Tem graduação em Medicina (Famerp) e em Direito (USP). Residência médica em Psiquiatria pelo Instituto Bairral de Psiquiatria (em conclusão). Professor de Psiquiatria nos cursos de medicina da Afya Educacional. Na Psiquiatria, tem foco de interesse em ansiedade, depressão e em personalidades impulsivas e disruptivas. Fora da Psiquiatria, tem interesse em literatura, em natação, em cachorros e uma paixão imensa pelo mar.

Newsletter

Receba gratuitamente nossos conteúdos toda semana diretamente no seu e-mail.

Siga Nossas
Redes Sociais

Posts Recentes

Facebook

Categorias:

O tratamento de sucesso depende
da avaliação correta

A tecnologia auxiliando a psiquiatria de precisão, possibilitando diagnósticos mais acurados e, por consequência, tratamentos de mais resultado.

Assine a nossa newsletter

Receba gratuitamente nossos conteúdos toda semana diretamente no seu e-mail.